Céu azul, noite estrelada, cenários românticos. Esse é o mundo ideal dos casamentos ao ar livre, mas muita coisa pode mudar e é preciso ser realista e precavido para planejar uma festa assim. Confira 8 dicas de como organizar um casamento ao ar livre.

Ah… celebrar ao ar livre! Os pássaros voando, a natureza como decoração, um céu azul brilhante no grande dia. Que sonho! Mas coloque sonho nisso, porque nem sempre a realidade é tão maravilhosa quanto esperamos. Por isso, separamos 9 dias indispensáveis para as noivas que querem casar do lado de fora – da preparação, até o fim da festa:

ANTES DE ORGANIZAR UM CASAMENTO AO AR LIVRE: A ESCOLHA DA ÉPOCA

Não há época perfeita, mas existem dias perfeitos. No inverno, dias de frio rigorosos, no verão, chuvas torrenciais. Primavera e outono, nunca se sabe o que virá. Então, como escolher a data ideal?

É preciso colocar na balança alguns fatores, como: local do casamento e que adversidades esse lugar poderá suportar. Por exemplo, se você quer casar na praia, é melhor arriscar por um dia no inverno, já que as chuvas são incomuns. Por outro lado, é preciso se preparar para um possível friozinho no dia da cerimônia.

Se o casamento será em uma região de montanha, é provável que o inverno seja mais rigoroso e essa seja uma adversidade ruim para os convidados e noivos. Então, estações como primavera e outono podem vir melhor a calhar.

 

CONSIDERE OS PRÓS E CONTRAS DO LOCAL

PROS: Poder ver o horizonte do mar, sentir a brisa do litoral, os pés na areia. Na montanha, ver os passarinhos, curtir o cheirinho de floresta. Precisa dizer algo mais?

CONTRAS: A brisa do mar pode apagar as velas, derrubar a decoração, e a humidade não ser nada amiga com o cabelo da noiva. Você também pode preparar o bolso, porque você será cobrada a mais por tudo por conta da distância. Não esqueça do repelente também, porque a quantidade de borrachudos e pernilongos podem superar o número de convidados.

NÃO ESQUEÇA DE CALCULAR OS GASTOS EXTRAS

Existem algumas coisas que é preciso colocar na ponta do lápis na hora de pensar no budget e em como organizar um casamento ao ar livre:

  • Os custos do aluguel do espaço pode ser muito maior do que nas grandes cidades;
  • É preciso pensar em: maquiagem, cabelo, buffet, serviço de vallet, segurança, DJ. Existem cidades pequenas que não tem esse serviço, por isso, é necessário levar o staff da sua cidade. Isso significa: mais taxas.
  • O lugar que você escolheu tem uma boa estrutura sanitária? Existem empresas que oferecem essa estrutura, como a WChic, mas é mais um valor a adicionar na lista.
  • Geradores. Festas demandam muita energia: é a cozinha, o som, a iluminação. Para isso, é indispensável o aluguel de geradores para o espaço.

 

FOTO: Reprodução site WChic

 

PLANOS A, B, C E D: AS PRECAUÇÕES NECESSÁRIAS

Como organizar um casamento ao ar livre? Antes de tudo, planeje dois casamentos! Parece loucura, mas é preciso pensar em vários planos e cenários para a festa em caso de chuvas, ventos fortes ou qualquer adversidade. Pense sempre em tendas (tanto no teto, quanto aquelas que puxam até o chão – em caso de chuvas que entram de lado), lugares indoor que comportem todos os convidados e um plano B para a cerimônia.

CONTROLANDO A TEMPERATURA DA CERIMÔNIA 

Uma ótima dica para o grande dia: durante a cerimônia, distribua mimos para os seus convidados: leques e chapéus para melhorar o calor, mantas nas cadeiras para proteger do frio e  guarda-chuvas em caso de tempestade.

Outro fator importante: tente fazer a cerimônia em uma área com sombra. Os convidados vão te agradecer por isso.

 

FLORES E DECORAÇÃO

Seus arranjos maravilhosos de flores não devem ficar direto no sol por mais de uma hora antes dos convidados chegarem. Então, não esqueça de deixar tudo pronto em um lugar com sombra para ser colocado lá fora apenas 30-60 minutos antes dos convidados chegarem.

MENU DE ACORDO COM A ESTAÇÃO

Você ama risotos e comidas pesadas e vai casar no verão? Essa não é uma boa combinação! Tente adequar o seu menu a estação do ano que você irá casar. Estações quentes combinam com comidas saudáveis, refrescantes, como tomates e melancias. Já os queijos são sempre os prediletos dos convidados, mas eles podem derreter e atrair moscas em uma tarde quente. Uma boa dica é servir como sobremesa, depois que o sol se ponha.

PEQUENAS COISAS PARA NÃO ESQUECER NO DIA

Boas dicas do que ter no casamento no dia da festa:

  • Repelente
  • Protetor Solar
  • Kit de primeiros socorros
  • Lanternas
  • Vassoura
  • Sacos de Lixo
  • Toalhas de Papel
  • Spray de limpeza
  • Protetores de plástico (para proteger os objetos, cocktails, bar caso chova)

 

Gostou do post? Esperamos que tenha ajudado! Comente aqui e dê uma olhadinha nas headpieces do Atelier em nossa Loja Online!